Surpreenda-se com os Portos Graham’s e os tintos de Dominic Symington

symington615Os Symington, família escocesa, há cinco gerações fazem grandes Portos no Douro e desde 1999 vinhos tranquilos de grande valor como o Chryseia, em conjunto com Bruno Prats (ex-Cos d’Estournel), ou Altano, um tinto com uma das melhores relações preço x qualidade do mundo!

Para apresentar seus Portos e vinhos tranquilos, Dominic Symington, co-proprietário com o irmão Paul Symington (Man of the Year 2012 da Decanter Magazine) veio ao Brasil a convite da Mistral, sua importadora.

Os Portos Graham’s da família Symington contam com 4 em 4 estrelas no Wine Pocket Book 2015 do respeitado crítico Hugh Johnson. E os tintos levam 4 em 4 estrelas no mesmo Wine Book 2015.

Para o crítico britânico Oz Clarke (Pocket Wine Book 2015) Six Grapes é um dos best premium e o Graham’s 10 Years sempre consistentemente excelente.

Os Symington começaram a fazer vinho tranquilo apenas em 1999, “largaram” atrás de vários outros, mas têm qualidade para chegar na frente.

Os vinhos do Douro são gastronômicos e os Symington procuram fazer vinhos elegantes para acompanharem refeição. Gastronômicos! Nada de tomar em happy hour sem acompanhamento! Mas com refeições são imperdíveis. Você pode comprovar no restaurante Tasca da Esquina (al. Tietê em S.Paulo) como um Altano acompanha às maravilhas um prato ou toda uma refeição!

As dicas: para o verão o Altano Branco 2012 e para todas as refeições o tinto Altano 2012; finais de semana, Altano Reserva Quinta do Ataíde 2009. Grandes ocasiões e grande budget: Quinta do Vesúvio 2008; boas ocasiões: Pombal do Vesúvio 2008 e Post-Scriptum 2011. Dos Portos: Six Grapes.

Notas de degustação

Altano branco 2012
Um bom ano especialmente para os brancos.
Malvasia Fina, Viosinho, Rabigato, e Moscatel Galego

Floral, flores amarelas, citrino de limão siciliano. Equilibrado.
Refrescante. Frutado. Boa acidez e boa opção gastronômica.
O único branco que não vem 100% de vinhedos próprios da Symington Family Estates.. . US$26.90 na Mistral.

Altano 2012 excelente relação preço x qualidade!
Tinta Roriz, Touriga França e Tinta Barroca
Uvas clássicas do Douro. A Tinta Roriz é a Tempranillo espanhola.
Um vinho orgânico.

Frutado, frutas negras, aromas intensos de ameixa negra.
Excelente relação preço X qualidade. US$25,90

Altano Reserva Quinta do Ataíde 2009 !!!
Touriga Nacional Single Vineyard Quinta do Atayde
Estágio em barricas americanas entre 10 e 11 meses.
Barricas de 350 a 400 litros. US$67

Aromas maravilhosos de fruta madura em geleia. Notas de madeira.
Alcaçuz, ameixa seca. Mineral. Encorpado.
Muito elegante e equilibrado. Estágio em barricas americanas entre 10 e 11 meses.
Barricas de 350 a 400 litros. US$67

Post-Scriptum 2011 !!!+
Super Segundo vinho do Chryseia (elaborado com Bruno Prats).
2011 foi um ano fantástico para os tintos do Douro.
Touriga França e 40% Touriga Nacional

Complexo. Muito elegante e grande finesse.
Não é 100% vinhedos da família e sim parceria com a família de Bruno Prats ex- Ch. Cos d’Estournel.
50% barricas francesas novas e outro tanto segundo uso. Muita juventude.
Uma ponta de doçura da baunilha da madeira. Taninos finos e muito elegantes. Ainda jovem. Aguarde mais um ano para bebê-lo. US$72,50 na Mistral.

Pombal do Vesúvio 2008 !!! +
Excelente relação preço x qualidade. Best buy!
2008 foi um ano excelente em Portugal.
Touriga Franca 60%, Touriga Nacional 30% e Tinta Amarela
50% de barricas e 50% de um ano de uso.e um ano de estágio em madeira antes de engarrafamento.

Complexo. Frutas maduras e bem concentrado.
Floral, estruturado.
Elegante. US$69,50

Quinta do Vesúvio 2008 !!!++
Minúscula produção.
US$199,50
Touriga Franca, Touriga Nacional e Tinta Amarela.
100% madeira nova.
Terreno com variação de altitude de 100 a 475 metros e sete microclimas, portanto um leque de uvas fantástico.

Belíssimo tinto! Complexo e pura finesse!
Notas de frutas negras maduras. Complexo e bem estruturado. Muito elegante. Elegantíssimo. Muito maduro, pronto para ser bebido é longa persistência.

Os Portos

Ruby pela cor da pedra preciosa e Tawny, ou aloirado, pela cor resultante do estágio de vários anos em grandes cascos de carvalho com anos de uso. O vinho respira pela madeira que interage com a cor que clareia. São portos mais sutis que os ruby.

Graham’s Fine Ruby
Blend de vinhos jovens e 3 anos em cascos de madeira.
Uvas passas e mais doce.
Rubi encorpado na cor. US$34.90

Graham’s Fine Tawny
Nozes e frutas secas. Mais seco que o Ruby. Mais sutil e fino também.
.US$34.90

Graham’s Six Grapes !!!
Um tawny bem complexo e elegante. Notas de especiarias. Bela acidez.
Six Grapes refere-se ao sistema antigo de escala qualitativa nas Caves do Porto e seis uvas eram o top. US56.90

Graham’s 10 years Old Tawny !!!++
Frutas cristalizadas e mais doce do que o Six Grapes.
Frutado, elegante, macio em boca e de longa persistência. Não admira que a revista Decanter tenha considerado o melhor Porto 10 anos. US$72.50 na Mistral.

Belos vinhos, Dominic Symington, valeu!!!

About silviafranco

Wine writer.
This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s