Vivino agora com versão em português!

Image

Primeiro aplicativo de vinho do mundo também passa a contar com os idiomas espanhol, francês, italiano e alemão

 

O melhor e maior aplicativo de vinhos do mundo – o Vivino – acaba de lançar sua versão em português.

 

O software que reconhece os rótulos das garrafas por meio da captação de imagem (scanner) pelo telefone celular possui uma adega virtual de 3,5 milhões de vinhos digitalizados.

 

Com este imenso banco de dados, o aplicativo já contabiliza mais de 4 milhões de usuários e 50 milhões de consultas em todo o mundo.

 

Só no Brasil são mais de 550 mil usuários e, com a versão em português, a estimativa é dobrar este número até o final do ano. “O Brasil é um dos nossos três principais países em termos de usuários, e atingir mais de meio milhão de pessoas mesmo na versão em inglês já é uma grande conquista”, comemora o CEO e fundador do Vivino, o dinamarquês Heini Zachariassen. “A economia do Brasil está crescendo rapidamente e, com a Copa do Mundo e as Olimpíadas, os consumidores terão muitas razões para abrir uma garrafa de vinho”, acrescenta, explicando o investimento no mercado nacional.

Primeiro aplicativo de vinho do mundo, o Vivino passa também a oferecer os idiomas espanhol, francês, italiano e alemão.

 

Hoje, o banco de dados do aplicativo (app) gratuito disponível para os sistemas Android e iPhone possui 23 mil rótulos brasileiros, mais de 150 mil chilenos e 134 mil argentinos.

 

O software exclusivo do Vivino permite aos seus usuários identificar rapidamente um vinho, apenas fotografando o rótulo com o smartphone. A partir da identificação praticamente imediata do programa, são informados o nome do vinho, o produtor, a vinícola, a região, o país, as castas utilizadas, a safra, entre outras informações. Ainda é possível ler comentários, ver preços, descobrir os locais de comercialização dos rótulos e ter sugestões de harmonização. “O Vivino é uma ferramenta ágil e ampla para aqueles que buscam saber quais vinhos as pessoas reais gostam e não o que os críticos de vinhos indicam”, destaca Zachariassen.

 

Como funciona o programa

 

Disponível sem custo na App Store e no Google Play, o Vivino possui um layout cor de vinho semelhante ao do Instagram. Seu funcionamento é simples e fácil. Basta o usuário abrir o aplicativo, se cadastrar pelo Facebook ou por e-mail, tirar uma foto do rótulo do vinho e receber, em segundos, todas as informações do produto. O aplicativo está totalmente conectado às redes sociais, permitindo aos usuários curtir e compartilhar seus vinhos no Facebook e no Twitter.

A avaliação dos vinhos é uma das principais ferramentas dos enófilos. Isso porque cada rótulo da adega virtual do Vivino apresenta uma nota, advinda do cruzamento de pontos fornecidos pelos usuários que já consumiram o vinho. O sistema didático atua com a concessão de estrelas: 1 (Não gostei); 2 (Ok); 3 (Bom); 4 (Ótimo); e 5 (Sensacional). Através desta pontuação é que são feitos rankings dos vinhos preferidos pelos usuários.

 

A organização das imagens é pela ordem em que foram incluídas. Os vinhos ainda podem ser encontradas pelo filtro de “preço mais baixo”, “preço mais alto” e “melhor classificado”. Caso o programa não reconheça um rótulo, o Vivino insere o vinho em até dois dias. Ainda é possível adquirir a versão PRO por US$ 4,99 mensais, que permite criar e gerenciar sua adega virtual, classificando por preço e data de classificação. Também é possível adicionar notas.

Atualmente, estão inseridos no programa quase 150 mil vinícolas, 1.768 regiões produtoras de vinho, 55 países, 1.407 variedades de uvas, 1,5 milhão de avaliações, mais de 715 mil pontos de comércio e 659 mil vinhos com preços. Os vinhos franceses, espanhóis, italianos, norte-americanos, chilenos e argentinos são os mais procurados. Entre as variedades de uvas, as mais populares são Cabernet SauvignonChardonnayMerlot e Pinot Noir.

Entre os diferenciais do aplicativo está o tamanho de seu banco de dados – o maior do mundo on-line –, que permite melhores classificações e opiniões, obtidas através de uma base gigantesca de usuários do mundo todo. “A nossa dimensão nos permite ser muito mais rápidos e mais eficientes em combinar vinhos digitalizados para o nosso banco de dados. Ele oferece aos nossos usuários uma rede muito maior de classificações de amantes de vinho todos os dias em todo o mundo em questão de segundos”, explica o CEO.

 

Como tudo começou

O Vivino nasceu no ano de 2009, em Copenhague, na Dinamarca, a partir de uma frustração de Heini Zachariassen. Amante das delícias de Baco, Zachariassen tinha dificuldades em encontrar informações sobre vinho. Com isso, surgiu a ideia de construir uma base de dados semelhante ao do IMDb Movies, maior site de cinema do mundo, uma espécie de “Google dos filmes”. Com a parceria de Theis Soendergaard, decidiu não apenas construir uma base de dados, mas uma ferramenta para auxiliar os amantes do vinho a obterem informações e compartilharem dados de forma rápida e fácil.

Em 2011 foi criada a sua versão beta e, em abril de 2012, o aplicativo chega ao mercado. “Nos últimos dois anos, a equipe Vivino tem sido focada em construir o melhor produto possível. Todo esse trabalho valeu a pena e nós criamos o primeiro aplicativo no mundo. Agora que temos um grande produto, queremos expandir nosso alcance através da oferta do produto em vários idiomas”, completa o executivo.

 

Vivino em números

– 55 países;
– 150 mil vinícolas;
– 1.768 regiões produtoras de vinho;
– 23 mil rótulos brasileiros, 150 mil chilenos e 134 mil argentinos;
– 1.407 variedades de uvas;
– 1,5 milhão de avaliações;
– 715 mil pontos de comércio;
– 659 mil vinhos com preços;

About silviafranco

Wine writer.
This entry was posted in Uncategorized and tagged . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s