Quino Noir 2012 , um pinot vibrante ao sul do Chile

Image

Quino Noir 2012

William Fèvre, Chile, Southern Most

Vale do Malleco, denominação mais ao sul do Chile.

Produzido apenas nos melhores anos.

12,7% teor alcoólico

Terroso no nariz, notas de champignon. Complexidade.

Macio em boca, de acidez agradável, boa personalidade e surpreendente vitalidade.

Um Pinot Noir com personalidade, sem os músculos e excessos de álcool comuns no Pinot Noir de Novo Mundo.

Fácil de beber, longa persistência. R$140

O conceito é de origem, com fruta e pouca madeira de 2o e 3o uso e buscando mais complexidade.

Christian  Aliaga é o enólogo e Gonzalo Pino, o proprietário desta vinícola fundada em 1992.Alberto Antonini é o consultor já há 5 anos.

Colheita a mão em caixas de 12 k.

Malleco é atualmente a denominação mais ao sul do Chile, apesar de vinhedos experimentais terem sido plantados muito mais ao sul em Osorno. A área provou ser excepcional para o Chardonnay e experimentos com Pinot Noir são promissores, apesar da alta pluviosidade e uma temporada de amadurecimento mais curta tornem a área muito arriscada para quase todas as outras variedades. (Fonte Wines of Chile)

About silviafranco

Wine writer.
This entry was posted in Uncategorized, Vinhos. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s