Os grandes brancos da Côte D’Or

Image

Louis Latour é famosa por seus grandes brancos. Não pode morrer sem beber!

 

A Maison Louis Latour é famosa por seus grandes brancos. 

 

Afinal, são os maiores proprietários de vinhedos na Côte d’Or (50 ha), na Borgonha. 

 

E têm a maior área de Grand Cru (29ha) comoCorton e Corton-Charlemagne: é como ter Messi e Neymar de cara para o gol! Não tem pra mais ninguém no quesito brancos da Borgonha.

 

Acrescente-se à excelência dos vinhedos, o fato de que a Louis Latour detém singular expertise na elaboração de grandes brancos, item número 1 a se levar em conta na Borgonha, como falamos no artigo “Já que vai pagar caro, pelo menos saiba se vale a pena!” Seus vinhos são vinificados na cuverie do Château Corton Gracey, em Aloxe-Corton, a primeira adega planejada e construída (em 1834) na França e ainda em operação.

 

 

A Louis Latour está no mercado desde 1797, é empresa familiar, dirigida por Louis-Fabrice Latour, da 11ª geração. Além de proprietária de vinhedos, são também negociantes e recentemente adquiriram a Simmonet Fevre. 

 

 

Maison Louis Latour tem em São Paulo uma loja de vinhos embaixadora de sua marca e com alguns desses brancos míticos. Trata-se de La Cave du Sommelier, na esquina da al. Campinas com a al. Franca no Jardim Paulista . 

 

A convite da Inovini, importadora da Maison Louis Latour, um grupo de jornalistas tivemos a rara oportunidade de degustar alguns desses brancos de sonho. 

 

Corton-Charlemagne é o top da Maison, e o da safra 2006 está fantástico!  E seu Pinot Noir Corton-Gracey é muito bom, como afirma Oz Clarke e nós pudemos conferir! 

 

Dos vinhos degustados, estão à venda os da safra de 2010 e 2008, todos com preço de consumidor final. E a La Cave du Sommelier tem brancos de outras safras também.

 

 

Notas de degustação

 

 Louis Latour Meursault-Blagny Premier Cru Chateau de Blagny 2003

Amarelo claro. Límpido 

Evoluído e complexo  no nariz e em boca. Certa citricidade no nariz. Muito macio e sedoso em boca. Médio a estruturado.

Ainda vivo e inteiro, com muita estrutura e peso. Para conhecedores avançados.

Uma safra muito quente. Fruta mais madura.

 

 

 

Louis Latour Meursault-Blagny Premier Cru Château de Blagny 2010 !!!+

Amarelo claro muito,vivo e límpido em taça.

Frutas brancas, tropicais, abacaxi, maçã verde, muito cítrico, de dar água na boca, certa untuosidade.

Passa 10 meses em barricas de carvalho francês (25% novas) e sur-lie, sobre as borras.

Este Meursault-Blagny está jovem e leve. Cítrico, muito mineral. Uma beleza! Fácil de beber! Elegante. R$ 393 na Inovini.

 

 

Louis Latour Corton- Charlemagne Grand Cru 2006

Amarelo claro límpido em taça.

Aromas evoluídos, frutado, equilibrado. Enérgico com muito equilíbrio e bela textura.  Maravilhoso aroma, embora discreto. Carvalho. Na taça, evolui e aparecem então frutas frescas . Muito equilibrado. Para conhecedores. 90 pontos da Wine Spectator.

 

 

Louis Latour Corton-Charlemagne Grand Cru 2008  !!!++ um campeão!

Maravilhoso no aroma, intenso. 

Muito superior ao da safra 2006. Maravilhosamente superior. Límpido, com notas de frutas secas Cítrico, frutado, elegante, bem equilibrado. 

Passa 10 meses em barricas de carvalho francês (25% novas) e sur-lie, sobre as borras.

Encorpado, denso, untuoso. Notas cítricas, minerais. Ponte, complexo, um belo Corton-Charlemagne.

92 pontos da Wine Spectator. R$1035 na Inovini.

 

 

Louis Latour Chateau Corton Grancey Grand Cru 2002

Pinot Noir bem da Borgonha. Champignon, terroso. Acidez boa e taninos suaves. 91 pontos da Wine Spectator.

 

 

Chateau Corton Grancey Grand Cru 2010  !!!++

Rubi muito claro em taça.

Mais fácil de beber que o anterior. Terroso, elegante, notas de champignon. Cereja, notas minerais, complexidade.

É um blend de 4 vinhedos dos 17 que têm: Les Bressandes, Les Perrières, Les Grèves e Clos du Roi.

E estão fazendo mais e mais Single Vineyards (vinhos cujas uvas vêm de apenas um único vinhedo). 

Muito equilibrado, frutado, bela acidez, possivelmente a melhor safra e muito clássica. 

90 pontos Wine Spectator. R$740

 

Vale a pena conhecer La Cave du Sommelier, porque traz uma excelente seleção de vinhos de importadoras diversas além da Inovini como Mistral, Zahil, Ravin, Vinci, Decanter e muitas outras. Aos sábados, há uma degustação de vinhos. 

 

Serviço

La Cave du Sommelier

Alameda Campinas, 884 – Jardim Paulista, São Paulo – SP, 01404-200

(11) 3283-0393

About silviafranco

Wine writer.
This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s