Descubra e curta o seu vinho!

Image

Melhor do que beber os vinhos que os críticos gostam, é beber o que lhe agrada. Descubra quais são os seus vinhos! 

  

Nada mais comum do que topar com um amigo que nos diz, tomei um vinho fantástico! E, quando lhe perguntamos, qual era, ele não se lembra. 

 

Pois a dica é: descubra e beba os vinhos de que você gosta e não os que os críticos gostam!  

 

O primeiro passo, pois, é saber do que você gosta. O problema é que o universo dos vinhos beira ao infinito… 

 

Portanto, como saber do que a gente gosta?  Litragem

 

Vá degustando o que aparecer e ao topar com um vinho que lhe agrada de forma especial, verifique qual uva ou uvas (ou castas) de que é feito. 

 

Digamos que o vinho que tanto lhe agradou seja feito de syrah. Eis aí uma primeira e valiosa informação sobre você e sobre o que mais lhe agrada. Passe a perseguir os vinhos com syrah. Rapidinho você vai saber quais países fazem a syrah que mais lhe agrada, as regiões  e quais produtores fazem o que é o melhor syrah, ou cortes com syrah, para você! Você pode vir a descobrir que a syrah do Rhône ou a do Alentejo ou a da Africa do Sul tem tudo a ver com você. E depois comece a anotar quais os produtores fazem a syrah, ou corte com syrah, que mais lhe agrada.  

 

Não vai demorar muito para que seus amigos te procurem pedindo conselho e dicas sobre syrah. 

 

E haverá ocasiões em que hão de lhe oferecer outros vinhos e uma outra uva há de lhe chamar a atenção. Digamos a riesling. Pois vá atrás. Em breve você também será expert em riesling. E assim por diante.

 

Outra coisa, acredite em seu nariz e em seu paladar, afinal são eles que ajudam a definir o que lhe agrada.

 

Acredite em você. Descubra quais críticos tem mais a ver com o seu paladar. Você deve ter visto que alguns jornais como A Folha de São Paulo mostram a avaliação obtida de um mesmo filme por diferentes críticos. Uns amam o filme, outros odeiam, outros acham regular. Muito prático, pois o cinéfilo passa a seguir as indicações do crítico cujas avaliações estão mais próximas às suas. Faça o mesmo com os vinhos. Observe as notas e comentários dos críticos sobre os vinhos que eles degustam. Deguste os mesmos vinhos, os que puder, e verifique se está de acordo com o seu paladar e nariz.  Se não estiver, mude de crítico. No mundo dos vinhos, você pode ser o centro do universo! 

 

O bom do vinho é que não é questão de ética ou de credo, não existe dogma, certo ou errado, existe o que lhe agrada. 

 

Portanto, descubra quais são os vinhos de que você gosta e seja feliz!  

 

 

About silviafranco

Wine writer.
This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s