Chile, um destino turístico por descobrir

6cb2e70029735e3e5c4bf2cca5b179e1Há muito nós brasileiros descobrimos o Chile de esportes de inverno: Portillo, Valle Nevado, Chillán para citar alguns.

Mas Chile oferece muito mais. Pode ser um final de semana em Santiago (a quatro horas de avião), uma cidade multifacetada, moderna e também tradicional, com uma gastronomia pujante, vinhos magníficos, lugares pitorescos uns, glamourosos outros.

Para quem ama ruas como a Quinta Avenida e a Oscar Freire, a dica em Santiago são Av.Nueva Costanera e Av. Alonso de Córdoba.

Os bairros boêmios estāo na calle Victorino Lastarria e na Av. Constituición, altura do número 74, ali o bairro Bella Vista. Ah, e conta com excelentes restaurantes. Em especial o Coquinaria da chef Pamela Fidalgo e o Boragó de chef Rodolfo Guzman. Este último trabalha somente com produtos locais preparados de uma forma inovadora, num diálogo íntimo entre produtos locais endêmicos e a cozinha chilena.

Boa dica de hotel é The Aubrey. Serviço atencioso e muito jovem. Poucos quartos. E um Lounge bem contemporâneo.

The Aubrey é um hotel butique, charmosíssimo, muito bem localizado, ao pé do Cerro San Cristobal, o parque na montanha de mesmo nome. E a duas quadras do bairro Bella Vista com o Patio Bella Vista povoado de restaurantes variados – de BackStage aos tradicionais -, além de lojinhas com bijuteria de lapislazuli, peças de alpaca e tantas outras coisas. Uma festa!

Você também tem museus para visitar como o Museu de Belas Artes (Parque Florestal no metrô Estacion Bellas Artes); Museu da Moda (Vitacura 4562), Museu de Arte Pré-Colombiana (calle bandera 361), Museu Histórico Nacional (Praça de Armas 951.)

4321fa0f1a1a945bc61b56bd61ee56b7

Bodegas e vinhos

E, claro, há visitas de um dia a bodegas próximas de Santiago.

O Chile oferece  um roteiro de vinho admirável, e uma gastronomia plural e diversificada, que vai de pescados, frutos do mar, ceviches a assados e um mundo de cogumelos e verduras. Ah, e as frutas! Framboesas, amoras, mirtilos, um universo de frutas de zona temperada.

Diversidade é o denominador comum, um festival de variedades de tudo, de paisagens, de cenários, de vales verdes e cordilheiras e das castas de seus vinhos que vai muito além da carmenere. Você encontra de muito boa qualidade cabernet franc, merlot, cabernet sauvignon, chardonnay e agora carignan e cinsault!

O que faz do Chile uma experiência única de turismo é que em cada viña ou hotel de bodega que você vai há algo surpreendente e único. Embora tudo gire em volta do,vinho e da gastronomia,com degustações  e harmonizações,  cada uma dessas viñas que visitamos lhe oferece algo diferente.

No Chile, o turismo de vinho por ser mais recente nāo tem aquelas padronizações, aquelas visitas monitoradas com guias turísticos burocráticos. Nada disto, o enoturismo em Chile é apaixonado, cheio de energia e vibração. Você sai energizado e com as baterias recarregadas!

Você pode sair das pistas nevadas de Valle Nevado ou passer um final de semana em Santiago e ir a Santa Rita Casa Real a 45 minutos da capital ou ir mais além a Pirque e aos vales de Maipo ou Colchagua.

Em Colchagua, a duas horas de Santiago, você tem opções interessantíssimas. Para os amantes de Relais et Chateaux, a experiência francesa, Lapostolle Residence é a dica. São apenas 4 casitas encarapitadas nos cerros (como chamam as montanhas) de Colchagua, com esplêndida vista do vale de Apalta! Relax, paz e um serviço impecável de Relais et Chateaux.

Outra opção bem mais informal é La Casona de Campo Las Majadas de Viña Bisquertt, um solar que recorda históricas fazendas dos idos de 1800. Também com poucos quartos, uma vista deliciosa e a gastronomia tradicional chilena bem cuidada.

Para quem curte um encontro íntimo com a natureza, a aposta é o Lodge de VIK, situado sobre um cerro com vista para o vale rodeado de montanhas e atapetado por vinhedos soberbos que fazem um único vinho ícone: VIK.

E ali o surpreendente é que Patrick Valette, seu enólogo e ex-Chateaux Pavie, permite-se fazer o melhor VIK a cada ano sem se prender a padronizações de castas.  VIK 2009 tem um blend onde prevalece a carmenere e no de 2010 domina absoluta a cabernet sauvignon. Hospedar-se no Lodge VIK é uma experiência especial com a vantagem que se pode beber VIK em todas as refeições e também no aperitivo. Quer mais?

Mas há opções de visitas a vinícolas por umas poucas horas ou meio dia. Sugerimos El Principal com a recepção calorosa de Mônica Zabala e um assado no Mirador harmonizado com os vinhos El Principal e com um picnic especial alêm de passeio pelas nogueiras e vinhedos.

Se você visita MontGras, a experiência nāo é menos especial. São guias jovens que vão lhe mostrar um Jardim de Variedades de castas, onde você pode comparar Pinot Noir com Sangiovese ou Merlot, o formato dos cachos e das folhas e também fazer seu próprio vinho, determinar as castas que entram e em que proporção, dar-lhe um nome, etiquetá-lo e levar  para casa. Fantástico!

Pode-se também – sempre com reserva – conhecer Cono Sur, a viña da bicicleta, dos experimentos inovadores e  orgânicos.

Para os amantes da cozinha, Viu Manent é um must: oferece – além de tour pelos vinhedos em carruagem ou de bike -, uma experiência única: preparar um almoço gourmet com a chef Cordon Bleu Pilar Rodriguez. Você prepara com ela ou a vê preparar o almoço enquanto beberica um dos deliciosos vinhos Viu Manent.

Em Maipo, De Martino é outra experiência singular. São os vinhos de ânforas e de foudres austríacos com um almoço encantador no parque. Imperdível!

Uma experiência vinícola transcendental? Pois também tem. Visite Montes, com seus anjos arteiros, suas anjinhas diáfanas e muito Feng shui na vinícola. Além de uma experiência espiritual na sala de barricas embalada em uma névoa luminosa e canto gregoriano. Se você não acreditava no deus Baco, aqui você se converte!

E para os amantes de cavalos puro sangue: Haras de Pirque!

A partir da semana que vem V&G oferece uma matéria focada em cada uma destas experiências com fotos e um curto vídeo de cada uma destas bodegas.

Sem notas, porque o turismo em Chile oferece experiências singulares para turistas singulares. O que é 10 para uma pessoa pode ser apenas 8 para outra, não é verdade? Cada pessoa é especial e única e sabe exatamente o que lhe convém. Vamos descrever o que há e quem dá a nota é você.

Serviço

Reservas:

Boragó restaurante  av. Nueva Costaneta 3467, Vitacura tel. 562-2953.8893

Coquinaria restaurante av.Isidora Goyenechea 3000 tel 562-245.1958

Cono Sur com Daniela Schürch Daniela.schurch@conosurwinery.cl

De Martino com Francisca Rodrïguez frodriguez@demartino.cl

El Principal com Monica Zavala tours&events@elprincipal.cl

Haras de Pirque com Gail Turner gturner@harasdepirque.com

MontGras com Claudia Cañete ccanete@montgras.cl

Santa Rita Casa Real com Paula Soto psoto@santarita.cl

The Aubrey reservas@theaubrey.com

VIK com Sabrina Fière sfiere@vik.cl

Viu Manent com Mauricio Romo mromo@viumanent.cl

Viña Montes com Guillermo Silva gsilva@monteswines.com

 

Silvia Cintra Franco viajou ao Chile com Brandabout, uma empresa internacional que se dedica a promover os vinhos chilenos e argentinos.

About silviafranco

Wine writer.
This entry was posted in enoturismo, Vinhos and tagged , , , , , , , , , , , , , , , . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s