Seña 2009 e Seña 2007, viva a diferença!

A Expand convidou para conhecer o Seña 2009 que Raul Manriquez, diretor para América Latina, trouxe na mala e que ainda não chegou ao Brasil. Convite aceito, degustamos o Seña 2009 e o Seña 2007 em 4/set.

Notas de degustação

Chadwick vem desde 2005 produzindo de forma biodinâmica. Enquanto a safra 2007 foi mais equilibrada e regular, a de 2009 foi muito calorosa, com uvas mais maduras, maior concentração e taninos e potencial de guarda.

Seña 2009 (36 mil garrafas o ano de 2009)
Frutos maduros, madeira. Mentol. Corte de cabernet sauvignon 54%, carmenere 21%, merlot 16%, 6% petit verdot e cabernet franc 3%.  Macio com bons taninos. Herbáceo. Vinhas de mais de 20 anos. Equilibrado, bela acidez, boa estrutura e corpo.

Secondo me, como diria o amigo Didu Russo, este Seña 2009 é para mim mais fino e elegante que o Seña 2007. Vale dizer que a mesa de jornalistas se dividiu e houve quem considerasse o 2007 mais elegante.

O Seña 2009 recebeu o 1º Lugar na cata de Zurich em 23 de maio de 2012 competindo com Ornellaia, Sassicaia, Chateau Margaux. Não devo estar tão equivocada assim em meu modesto julgamento.
Seña 2007
Corte de 57% de cabernet sauvignon, 20% de carmenere, 10% de merlot, petit verdot 8% e cabernet franc 5%. Encorpado, equilibrado, vinhaço. R$498 na Expand (e em promoção no site hoje por R$423)

De qualquer forma, qualquer que seja a safra, Seña segue um grande vinho.

About silviafranco

Wine writer.
This entry was posted in Notícias, Vinhos and tagged , . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s