As novidades da Zahil: Provence, Volcanes, Finca San Martin e muita coisa boa!

A Zahil está com novidades muito boas em seu catálogo: novidades de aromas cativantes, belo volume de boca, e muita finesse. O selo fiscal retardou, mas chegaram. Confira no vídeo o que Bernardo Silveira revela sobre os novos vinhos.

Para começar, os rosés e branco da Provence do Château Ferry- Lacombe: Haedus Blanc 2010, frutado, mineral, cítrico, fresco de bela acidez, corte de rolle e clairette por R$58 e o Haedus Rosé 2010, muito delicado, corte de grenache, cinsault e cabernet, aromas de cereja, frutas vermelhas, fresco e de boa acidez, sem madeira. R$58.

Do Novo Mundo, os vinhos da Volcanes de Chile: a destacar o Summit 2900 Sauvignon Blanc 2010, um branco leve, com aromas delicados e tipicidade da cepa, boa acidez, fresco por R$43, Summit 2900 Cabernet Sauvignon Reserva 2009 frutado, bom cxorpo, especiarias e 9 meses de carvalho a R$43, um best buy. O Summit
2900 Carménère Reserva 2009
, com um rubi brilhante, redondo e cremoso,
frutas vermelhas e especiarias. Corte de carmenere e 15% cabernet. Para coroar,
o summit (ponto alto) da Volcanes é o Parinacota 2009, um tinto carnudo de taninos macios e saborosos, corte de syrah e 15% de carignan, 15 meses de carvalho, muita fruta equilibrada, ameixa,especiarias. R$99.

Também do Chile, da Quebrada de Macul, Maipo, o Alba de Domus 2007, um vinhaço com certa evolução em garrafa, de excelente relação preço qualidade, encorpado e sedoso, redondo mesmo, muito morango maduro, chocolate e persistência. 18 meses em barrica,corte bordalês cs, merlot e cf. R$109, uma beleza.

Da tradicional Casa Ferreirinha, Douro, a destacar o Vinha Grande Branco 2010, corte de Códega, Viosinho, Arinto e Gouveio, aroma de baunilha, macio e com caráter e personalidade próprios. Passagem de 3 meses em madeira, R$89. E para ocasiões especiais, tais como, vontade de beber um grande vinho, o Quinta da Leda 2007, um
vinhaço fino, elegante, complexo, aveludado e fresco. R$199.

De Rioja Alta, Espanha, o bom de preço, fácil de amar Finca San Martin Rioja Crianza 2008 Torre de Oña, 100% tempranillo, 18 meses de carvalho, bom de boca e de aromas.R$70.

E também recomendo o Marqués de Haro Rioja 2005  um vinho amável,
potente, pleno de personalidade e qualidade, um tinto para grandes ocasiões,
aquelas que pedem grandes vinhos, vinhos “para se tomar de joelhos”:aroma
intenso e algo evoluído, envolvente e cativante, complexo, longa persistência,
fino e elegante, corte de tempranillo e 15% de graciano, 12 meses em carvalho.
Uma maravilha por R$531.

De Ribera del Duero da Bodegas Aster, vem outro vinhaço para grandes ocasiões, o Finca El Otero Ribera del Duero 2006, de rubi intenso, aromas
evoluídos de tabaco, café, chocolate, frutas doces, carvalho, bom volume de
boca, sedoso, macio, 100% Tinta del País, a Tempranillo em Ribera del Duero.
R$391.

De Toro, dos Lurton, o Campo Alegre 2008, 100% Tinta del
Toro (a tempranillo em Toro), aroma intenso de frutas vermelhas, defumado,
tostado, complexo e amável. Belo vinho por acessíveis R$156.

E de Astoria, Itália, um vinho para sobremesa de perfume
cativante e boa acidez, o Ventus Moscato di Sicilia 2009. R$50.

A Zahil trouxe também uma coleção de grapas que vão da Museum Bassano del Grappa Classica elaborada a partir de cepas do Vêneto até Grappa
Sassicaia
, de castas franceas cabernet franc e sauvignon. Zahil www.zahil.com.br

 

 

 

About silviafranco

Wine writer.
This entry was posted in Notícias, Vinhos and tagged . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s