Uma beleza: vertical de Riesling da Casa Marin

Felipe Marin da Casa Marin está em São Paulo, na Vinea, a importadora de Marilu Marin no Brasil, e apresentou uma vertical de Rieslings da Casa Marin, desde a primeira safra, a de 2006. Marilu Marin sabe fazer vinhos elegantes e finos num dos terroirs chilenos de melhor qualidade (e maior valor por hectare, por isso, não adianta reclamar de preço, porque a terra de San Antonio é mais cara do que, por exemplo, Casablanca).

Riesling Casa Marin 2006: a primeira safra. Estava vivo, untuoso na boca e delicado. Aroma floral, um toque vegetal e de expressiva acidez.

Riesling Casa Marin 2007: aroma envolvente tutti fruti evoluindo para mel. Um vinho mais redondo e estruturado, muito envolvente.

Riesling Casa Marin 2008: Discreto aroma tuttifruti, um vinho mais austero do que o da safra anterior, embora de aroma delicioso. Boa acidez e grande vivacidade. Pode guardar.

Riesling Casa Marin 2009: Uma beleza (ainda bem, porque este tem na Vinea), redondo e saboroso, guarda ainda certa austeridade como o de 2009, mineralidade, mas é ainda mais fino e elegante.

Riesling Casa Marin 2010: Ainda não chegou e já é o meu preferido. Aroma floral. Se fosse às cegas, eu não saberia dizer se era riesling. O aroma evolui e fica menos marcado. Mas ao degustar, a tipicidade da cepa se impõe. Toque cítrico e muito mineral. Uma mineralidade cativante.

 

 

About silviafranco

Wine writer.
This entry was posted in Notícias, Vinhos and tagged , , , , . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s