Marco Pallanti do Castello di Ama sem “papas na língua”

Marco Pallanti, enólogo da celebrada vinícola toscana Castello di Ama, não tem “papas na língua”. Esteve na semana passada no Brasil e falou sobre vinho e comida e  arte contemporânea.

Para Marco Pallanti, no passado a comida e o vinho andavam juntos e se acompanhavam. Hoje, “acomida virou arquitetura e o vinho, imbebível (undrinkable)”. Imbebível , porque segundo ele  a maioria dos vinhos são hoje verdadeiros Arnold Schwarzenegger, fortes, musculosos. Concordo plenamente, são vinhos que seduzem no primeiro gole, mas tornam-se enjoativos e monótonos ao terceiro e, com certeza, não acompanham bem a comida. Mas ganham competições e notas altas dos críticos que só têm tempo para o primeiro gole…

Castello di Ama vai na contramão e seus vinhos são elegantes e muito agradáveis. O uso das barricas é feito com critério para que o vinho adquira estabilidade e complexidade, mas sem sufocar a fruta.

Castello di Ama Chianti Classico é o vinho, por excelência, a assinatura de Castello di Ama. Pallanti não tem interesse em ter um grande vinho de poucas garrafas, mas um bom vinho que seja a seleção dos melhores lugares e melhores uvas Sangiovese, a uva ícone da Toscana: o Castello di Ama Chianti Classico com uma média de 120 a 150 mil garrafas anuais.

A Castello di Ama se notabiliza pela modernidade e elegância de seus vinhos: saborosos, mas sem aquela acidez agressiva do vinho italiano, são mais bem macios, muito elegantes e finos, excelentes companheiros da comida, enfim, como declara Pallanti, o estilo dos vinhos de Ama pode ser resumido em três palavras: harmonia, equilíbrio e elegância. Igualmente elegantes são as instalações de arte contemporânea nos arredores da vinícola. Ali estive em 2008 e fiquei encantada.

Provei o Castello di Ama Chianti Classico 2006, um chianti que embora não seja um Riserva vem colecionando ao longo dos anos os “tre bicchieri” do Gambero Rosso. Um belo vinho frutado, potente, macio, complexo, um blend das melhores uvas e dos melhores lugares, com fermentação em separado de cada parcela do vinhedo para depois elaborar este blend, o Castello di Ama Chianti Classico, um vinho de excelente relação preço qualidade: US$89,50 na Mistral, sua importadora. Segundo Pallanti, em Ama não há vinhos reserva nem segundos vinhos, mas “vinhedos sem reserva”.

Mas o Castelo di Ama também têm 3 grandes vinhos, crus, de vinhedos singulares, produzidos em anos excepcionais: L’Apparita 2006, o Vigneto Bellavista 2006 e o Vigneto La Casuccia. Além deles e do Chianti Classico, oferece um delicioso Rosato de sangiovese, o branco Al Poggio (chardonnay, pinot grigio e malvasia Bianca) e o Vinsanto, importados pela Mistral.

L’Apparita  é um Merlot e, segundo a Wine Spectator, “deixa o Château Pétrus a ver navios”. Parker concedeu-lhe 95 pontos. É um vinho sedoso, especiarias, maduro, toque defumado, um belo supertoscano por US$348 na Mistral.

Castello di Ama Chianti Classico 2006 traz no rótulo a inscrição “Grazie Marco per questi 25 anni insieme.L.” que Lorenza Sebasti, esposa de Marco e diretora executiva da propriedade, mandou fazer para celebrar os 25 anos de vida e de comum objetivo: produzir um grande Chianti Classico que reflita o lugar de origem com total elegância. Castello di Ama foi fundada em 1972 e pertence a três famílias de Roma: Carini, Sebasti e Tradico. No vídeo são apresentadas duas das muitas instalações de arte de Ama: Revolution de Kendell Geers (220#) e “Yo no quiero más ver a mis vecinos” de Carlos Garaicoa (2006). www.mistral.com.br

About silviafranco

Wine writer.
This entry was posted in Como se faz o vinho, Vinhos and tagged , , , , . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s